• Carlos Berti

Governo antecipa novo teto de financiamento de imóveis com uso do FGTS

Novo valor passa a ser de R$ 1,5 milhão e atende ao pedido de construtoras para impulsionar as vendas no setor

Por Marcela Ayres, da Reuters

29 out 2018.

Brasília – O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu nesta segunda-feira, 29, antecipar para este ano o novo teto de 1,5 milhão de reais para financiamento de imóveis com uso de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Trabalho(FGTS), atendendo pedido de construtoras para dar algum impulso às vendas.

Desde o início de agosto representantes do setor vinham dizendo que o presidente Michel Temer já havia dado aval à antecipação. Inicialmente, o novo limite valeria apenas a partir de janeiro de 2019. Agora, entrará em vigor na terça-feira, 30, abarcando todas as localidades do país.

O Banco Central anunciou no fim de julho a ampliação do limite de valor de avaliação do imóvel financiado no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação (SFH).

Quem compra imóveis pelo SFH pode usar recursos do FGTS para amortizar o saldo. Hoje, o teto para o financiamento é de 950 mil reais em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal e de 800 mil reais nos demais Estados.


0 visualização

©2018 por Carlos R. Berti Avaliador. Todos os direitos reservados.